WILD WILD EAST

BEAST TALKS #2: V4 Screen

COMO PARTE DE UMA SÉRIE ESPECIAL DE DISCUSSÕES ONLINE, NOS APROFUNDAMOS NA SECÇÃO V4 SCREEN POR MEIO DO OLHAR DE SEUS DIRETORES. ASSISTA ABAIXO.

O cineasta Marko Škop falou em direto sobre seu trabalho em “Let There Be Light”, em uma discussão moderada por Bohdan Zhuk.

Na longa acompanhamos Milan, um pai de três filhos que trabalha na Alemanha para sustentar sua família, que mora na Eslováquia. Visitando-os no Natal, ele descobre que Adam, seu filho mais velho, está definitivamente a sair com as pessoas erradas. A morte do colega de classe do adolescente revelará a Milan e sua esposa a verdadeira verdade sobre seu filho, sua família e a comunidade ao seu redor.

A exibição do filme é apoiada pelo International Visegrad Fund e pela Embaixada da Eslováquia em Portugal. Podes assistir a discussão abaixo:

No âmbito do BEAST TALKS e da secção V4 Screen, o festival também exibiu uma conversa com a diretora Cecília Felméri, responsável pela longa húngara “Spiral”. O filme está disponível até 4 de abril na Filmin Portugal. A discussão foi moderada pela jornalista Teresa Vieira.

Em “Espiral”, conhecemos uma casa antiga e um lago misterioso em meio à natureza húngara. Lá, um homem e duas mulheres formam um estranho triângulo amoroso. Uma história de crises, arrependimentos e incógnitas.

A sua exibição conta com o apoio do International Visegrad Fund e da Embaixada da Hungria em Lisboa. Podes assistir a conversa completa abaixo: